Clínica de recuperação para dependentes químicos e alcoólatras em SP

Clínica de recuperação para dependentes químicos e alcoólatras em SP

Clínica de recuperação para dependentes químicos e alcoólatras em SP – Tratamento humanizado, confira!

VEJA AINDA:

Tratamento para dependentes químicos

Clinicas de recuperação que atendem convênios médicos / planos de saúde

Clinicas de recuperação em SP Masculinas

Clínica de Recuperação para dependentes químicos e alcoólatras

As Clínicas de Recuperação do Grupo Clínica Apsua surgiram a partir de uma necessidade de proporcionar

um atendimento que seja único e sobretudo especializado para pessoas que sofrem com as doenças da dependência química / alcoolismo,

Nossa equipe ´é experiente, com mais de 20 anos de experiência na área da dependência qu´ímica,

contamos com as melhores clínicas de Reabilitação Humana do Brasil.

A Clínica Apsua é de fato uma clínica de reabilitação por ser exclusiva para o tratamento e internação de dependentes químicos e alcoólatras.

Nossas unidades contam com uma infraestrutura da qual é completa e equipe terapêutica

a qual é formada por profissionais que são sobretudo altamente capacitados e experientes,

oferecendo os melhores tratamentos e obtendo os melhores resultados.

Nosso intuito é o de restaurar a qualidade de vida dos nossos acolhidos, através de um profundo equilíbrio físico, emocional e psicológico.

Por que em via de regra o dependente químico mente?

Clínica de recuperação para dependentes químicos e alcoólatras em SP

Clínica de recuperação para dependentes químicos e alcoólatras em SP

À primeira vista, essa é uma pergunta que de fato não pode parecer não tão clara. 

Por que em via de regra o dependente químico mente?

Você pode sobretudo pensar: “mas essa não é uma característica exclusiva de um dependente químico ou alcoólatra, afinal, todos mentem!”

E é de fato isso mesmo! Continue acompanhando esse artigo para que possa de fato entender melhor o assunto.

A mentira, é uma característica assim como a omissão

(ato de esconder uma verdade), está presente na vida de qualquer pessoa e faz infelizmente parte do nosso dia a dia.

De certa forma, as mentiras são sobretudo necessárias para nossa sobrevivência social.

Imagine se você tivesse que sempre, em todos os momentos, falar a verdade para tudo e todos,

ou então não omitisse absolutamente nada.

É quase certo que teria problemas dos mais diversos, sobretudo de convivência.

E não se trata no entanto de uma falha de caráter, de moral.

Mas, de fato, algumas dessas mentiras e omissões são sobretudo necessárias para a própria sobrevivência e bem-estar social.

Porém, quando uma pessoa faz uso abusivo de certas substâncias, a mentira pode sobretudo se tornar uma ferramenta muito prejudicial,

tanto para quem a conta, quanto para quem a recebe essa mentira.

As mentiras que são contadas por um dependente químico e alcoólatra, em geral,

têm duas funções: evitar alguma forma de punição ou visam sobretudo Trazer uma oportunidade a aquisição e o uso da droga e álcool no futuro.

Como por exemplo, uma das mentiras que são mais comuns que o usuário de drogas dizem é justamente

negar que são dependentes químicos ou até que consomem drogas ou que consumiu em um certo momento específico de suas vidas.

Por exemplo: “eu saí, mas não usei nenhuma droga ontem.”

Isso acontece de fato que por causa de um certo medo de deixar as outras pessoas bastante decepcionadas, com mágoa, raiva ou preocupadas com o dependente químico.

Outra “mentira” bastante comum de ser contada pelo usuário de drogas e álcool é dizer que não vai mais usar e acabar usando, desta vez nem sempre por vontade

mas sim pela compulsão e obsessão causadas pelo uso abusivo de drogas e álcool.

Colocamos aspas na palavra “mentira”, porque no momento em que o dependente diz a outra pessoa que não irá mais consumir drogas, geralmente acredita nisso.

Clínica de recuperação para dependentes químicos e alcoólatras em SP – Por que o dependente químico mente e como ajudar?

Clínica de recuperação para dependentes químicos em SP

Tratamento de dependentes químicos e alcoólatras

Acabamos de mencionar acima alguns exemplos de por que o dependente químico mente,

no caso, os motivos que mais acontecem.

Mas apenas identificar os motivos e o momento da mentira não são suficientes, Precisamos de fato ajudá-los.

E a primeira coisa que você pode de fato fazer é tentar conversar, abrir um diálogo com o dependente químico.

Esse diálogo sempre é uma ótima opção inicial para ajudar, não somente um usuário de drogas e álcool, mas qualquer outro tipo de pessoa.

Falando especificamente como foco no dependente químico e no hábito de mentir, t

ente conversar com ele para trazê-lo de volta à realidade, pois nem sempre a mentira é de fato contada propositalmente.

Muitas vezes o dependente químico pode acreditar na sua própria mentira, como já mencionamos aqui.

A dependência química e o alcoolismo são de fato definidos como um conjunto de fenômenos dos quais são comportamentais, cognitivos e fisiológicos e sociais

que se desenvolvem após o uso repetido de determinada substância.

Trata-se de portanto de um transtorno mental, uma doença crônica, progressiva e que pode ser fatal,

onde sobretudo uma série de fatores podem contribuir para o seu desenvolvimento,

incluindo a quantidade e frequência de uso da substância, a condição de saúde do indivíduo e aspectos genéticos, psicossociais e também ambientais.

Mediante a isso, tenha paciência com o dependente químico ou alcoólatra e não assimile as suas mentiras a falta de caráter ou de boa índole.

Sabemos então que é uma situação de fato muito difícil e justamente por isso você precisa buscar por ajuda profissional para lidar com este problema.

E essa ajuda você encontra com apoio do Grupo Clínica Apsua.

Nós somos um grupo que atua com cerca de 400 clínicas de reabilitação exclusivas para o tratamento e internação de dependentes químicos, alcoólatras e pessoas com problemas de saúde mental.

Possuímos de fato uma infraestrutura completa e equipe terapêutica formada

por muitos profissionais altamente capacitados e experientes, em equipe multidisciplinar, oferecendo os melhores tratamentos e obtendo os melhores resultados há mais de 20 anos.

Para entendermos melhor quais são as necessidades desse pública, é cada vez mais presente e crescente da presença de Clínicas de Reabilitação em São Paulo e em todo o Brasil,

portanto, vejamos alguns dos números que retratam o crescimento e toda a problemática do consumo excessivo de álcool e drogas.

Vamos tomar as informações do nosso artigo como base para nosso entendimento desses números,

uma substância da qual apesar dos danos que são causados ao indivíduo, ainda é analisada com um olhar lúdico pela grande maioria dos usuários, a maconha.

O dado registra que cerca de 12 milhões de pessoas, sendo que 1/3 delas são compostas por adolescentes, em algum momento de suas vida,

consumiram maconha pelo menos uma vez e,acredite, 4% desses adolescentes, onde é cerca de 470 mil, e 11% dos adultos, algo próximo de 3 milhões de pessoas,

fizeram uso de maconha no último ano.

Sendo que 62% desse total de pessoas fez o uso antes dos 18 anos de idade, sendo adolescente.

Clínica de recuperação para dependentes químicos e alcoólatras em SP – Tratamento de dependentes químicos e alcoólatras – Como funciona?

Tratamento da dependência qu´ímica

Confrontados portanto com essa realidade, tentamos elucidar qualquer dúvida quanto à eficácia do tratamento oferecido

pelas nossas Clínicas de Reabilitação em São Paulo, se comparados com tratamentos ambulatoriais ou paliativos,

como os fundamentados em redução de danos, por exemplo.

O dependente químico ou alcoólatra passa por um processo do qualé de fato dolorido até chegar à condição crítica que exige a busca por uma clínica de Reabilitação em São Paulo ou em qualquer lugar do Brasil.

tratamento de dependentes químicos em São Paulo ou em qualquer lugar do Brasil, sob o regime fechado por tempo que seja determinado, e com organograma definido,

uma equipe multidisciplinar qualificada e experiente, trata a questão da dependência química na sua origem de fato, onde seja identificado os aspectos e as dificuldades do indivíduo de maneira personalizada e direcionada.

É, portanto, necessário em um primeiro momento romper o ciclo do uso abusivo de drogas e álcool, de maneira efetiva e contundente.

Nossa experiência se torna comprova através da vida em recuperação de centenas de dependentes químicos

que se trataram aqui, que a droga não é de fato a origem do problema, mas se torna um obstáculo a ser removido por conta da compulsão e da obsessão potencializados

pelo avanço dessa doença.

Não seria, portanto, possível tratar esse paciente fora de uma Clínica de Reabilitação em São Paulo com a mesma eficácia.

O modelo proposto como sendo o de redução de danos é a ideia de que o dependente químico, através da prática de redução no consumo de substâncias psicoativas,

consiga em algum momento admitir a possibilidade de romper definitivamente com o uso das drogas e álcool.

Nós não podemos sobretudo esquecer que a dependência química ou alcoólatra é uma doença incurável, progressiva e que o dependente químico pode chegar a óbito.

Via de regra o dependente químico pode chegar a um nível de dependência que acaba

por exigir um tempo de amadurecimento psicológico e emocional em uma clínica de Reabilitação em São Paulo que atenda os requisitos básicos para o tratamento eficaz da dependência.

Essa verdade, portanto, por si só, seria o suficiente para de fato entender que o avanço

da doença da dependência química só poderá ser detido por um conjunto de fatores,

que só podem ser atingidos através de um processo de internação.

As clínicas de Reabilitação em São Paulo podem exercer essa função, nesse ponto, sob o aspecto da recuperação, essa realidade é irrefutável e necessária.

Fonte – Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para Políticas Públicas do Álcool e Outras Drogas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Related Post

error: Content is protected !!