Alguns aspectos sobre internação involuntária

internação involuntária para dependente químico em clínica de recuperação

Internação involuntária em clínica de recuperação você encontra aqui na clínica Apsu A – Tratamento involuntário para dependentes químicos – Clinica involuntária para alcoólatras e dependentes químicos em SP e ao redor de todo o Brasil


As vezes se torna necessário a internação involuntária do dependente, pois a maioria dos viciados não acredita que esteja doente, rejeita essa ideia, dessa maneira a melhor forma pode ser a involuntária. Os familiares, colegas, e pessoas mais próximas que entendem que a situação precisa de tratamento tomam a atitude de colocar a pessoa em uma clínica, mas isso não é algo tão simples assim. Impor o tratamento diminui as chances de recuperação, portanto a melhor maneira continua sendo o convencimento de que o dependente precisa de ajuda, assim haverá menos problemas e a relação do dependente com o tratamento será mais eficaz.

Negar a dependência química é muito comum entre os pacientes assim como sentirem-se ameaçados pela obrigação de terem de fazer algo para acabar com o vício, não gostam de serem cobrados. Se existe a necessidade de interferir de forma drástica, isso é possível com respaldo da lei em algumas situações.

Os familiares dos dependentes químicos devem entender a situação

e ajuda-lo a compreender que ele precisa de ajuda, quando não entende, resiste até o final, e está prejudicando a convivência e a paz dentro do lar, é necessária sim a intervenção involuntária para interna-lo em uma clínica de reabilitação para dependentes químicos. A escolha deve partir do médico com consentimento dos familiares que são de extrema importância na decisão. É sempre bom salientar, internação involuntária é respaldada por lei quando necessário.

Antes de a situação chegar a esse ponto, todas as pessoas envolvidas em ajudar o dependente devem tentar de todas as maneiras convence-lo a se internar por conta próprio, faze-lo entender que a clínica é um passo importante em sua vida e não uma prisão, os tratamentos são humanizados, ele é bem tratado, ouvido pelos profissionais e apesar de ser um período sofrido por conta da abstinência, é também um período de superação que visa melhorar sua vida como um todo. Se ocorrer a aceitação, todos os seguintes passos se tornam mais fáceis.

Se houver necessidade de intervenção médica,

o paciente é encaminhado ao hospital para realização da desinfecção de seu organismo, nestes casos a atenção deve ser maior pela equipe, pois toda intervenção deste nível é delicada, são casos de pacientes que estão muito debilitados e sem noção do mundo que vos cerca. Havendo desinfecção e recuperação física, o dependente está apto a seguir com o tratamento em uma clínica.

O diálogo pode convencer o dependente aceitar seu vicio e evitar a desagradável situação de interna-lo sem sua vontade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Post

DROGAS E AMBIENTE – COMO OCORRE A INFLUÊNCIA

DROGAS E AMBIENTE – COMO OCORRE A INFLUÊNCIA Os fatores de ambientais sempre influenciaram as vidas dos seres humanos , omundo externo está cheio de informações conscientes e inconscientes ,

CLÍNICA DE REABITAÇÃO EM SP

CLÍNICA DE REABITAÇÃO EM SÃO PAULO – SP – CLÍNICA DE RECUPERAÇÃO EM SP – TRATAMENTO PARA DEPENDENTES QUÍMICOS E ALCOÓLATRAS Somos a Capital Remoções , uma empresa especializada em

clinica de internação involuntária em SP

Tratamento Involuntário para Dependentes Químicos Em São Paulo

Tratamento Involuntário para Dependência Química Em São Paulo O resultado do uso continuado de substâncias químicas faz com que o individuo perca a capacidade de tomar decisões; e, quando este

error: Content is protected !!