Clínica de recuperação para alcoólatras em São Paulo

Recuperação para alcoólatras

Clinica de reabilitação para alcoólatras em SP – Tratamento do alcoolismo – Tratamento para alcoólatras em SP – Recuperação do álcool


Como muitos já sabem, o vício em drogas pode ser destruidor tanto para o usuário quanto para seus familiares, porém muitas pessoas se esquecem que o álcool também é uma droga que apesar de lícita, que gera vícios com

qualquer outra substância. Há muitas clínicas de reabilitação para este público também. Por este motivo resolvemos esclarecer todas as dúvidas sobre alcoolismo e seu tratamento neste texto.

Confira também:

QUAIS SÃO OS CRITÉRIOS QUE POSSO CONSIDERAR AO ESCOLHER UMA CLINICA DE REABILITAÇÃO /RECUPERAÇÃO PARA DEPENDENTES QUÍMICOS OU ALCOÓLATRAS?
QUANTO TEMPO LEVA EM MÉDIA PARA A DESINTOXICAÇÃO FÍSICA DA DROGA OU DO ÁLCOOL?

Varias pessoas gostariam de saber se o alcoolismo tem cura e a resposta, como todo tratamento para pessoas viciadas, é que a doença em si não pode ser curada para sempre, há chances de recaídas, porém o tratamento é

essencial para fortalecer o paciente e evitar que depois de um tempo sem beber ele continue resistindo às tentações que o álcool trás.

Existem clínicas para alcoólatras que realizam tratamentos com muito bons resultados, cerca de metade dos pacientes tratados nessas clínicas conseguem se curar após um ano na reabilitação, recaídas são muito

comuns, e em alguns casos são necessários mais esforços e mais tempo de tratamento. É aconselhável romper o uso do álcool por completo de uma só

vez ao se tratar de dependentes, mas há casos de pessoas que evoluem bem no tratamento e conseguem consumir moderadamente após um tempo se tratando.

O alcoólatra muitas das vezes

Tratamento para alcoólatras em SP – Clinica de recuperação do alcoolismo você encontra aqui na Apsu A

se recusa a aceitar ajuda em clínicas, pode não ser fácil convence-lo, força-lo também não é o caminho, o ideal é que ele mesmo se conscientize e

perceba que está fazendo mal a si mesmo. O consumo excessivo de álcool pode levar a doenças no fígado, pode provocar acidentes, estas são questões em que o alcoólatra deve estar ciente. Em graves situações de crise,

ou problemas de saúde o dependente pode ser internado sem sua vontade, mediante consenso de familiares e da lei, por apresentar riscos aos seus

entes, a sociedade e a si próprio. As crises podem também abrir seus olhos para o problema, faze-lo sentir que o caso se tornou grave e aceitar apoio.

A OMS (Organização Mundial de Saúde) classifica alcoolismo como uma doença que apresenta sintomas como vontade incontrolável de ingerir

bebidas alcoólicas, a pessoa bebe cronicamente e isso afeta sua vida de várias formas como perda de amigos, depressão, perda de empregos e

saúde debilitada. Alcoolismo pode ser genético, mas muitos casos apresentam um problema emocional mal resolvido em sua vida.

90% das pessoas adultas bebem ou já beberam álcool na vida,

aproximadamente 1 a cada 10 adultos que bebem são alcoólatras, é um número significativo. Homens aparecem na frente das mulheres no quesito alcoolismo. Se o individuo for dependente químico, tabagista,

fizer uso de medicamentos, tiver algum transtorno psiquiátricos ou ter algum familiar alcoólatra as chances dela se tornar dependente aumentam.

A hereditariedade é um potencial muito forte para que os filhos sigam os mesmo passos dos pais, estudos na área de genética procuram entender os genes que levam os filhos a estarem mais suscetíveis ao vício. Famílias sem estrutura, estresse, falta de apoio e dialogo influenciam o consumo indiscriminado da bebida em quem está mais suscetível.

O lado bom das pesquisas é que mesmo com chances maiores, poucos filhos de dependentes levam a diante o mesmo problema dos pais. Mas os casos são diversos e ainda faltam análises o suficiente para entender o que os

leva a beber. A duração da internação varia muito de caso para caso, alguns conseguem sair em um ou dois meses, outros podem ficar um ano nas clínicas de reabilitação. Por esses motivos todos é importante carinho,

compreensão, esforço e monitoramento dos familiares e profissionais para que ele se recupere o mais rápido possível.

Nas clínicas de recuperação para alcoólatras em SP e ao redor de todo o Brasil

os cuidados são redobrados, os profissionais são variados, e tratam o conjunto de sintomas e doenças associadas ao alcoolismo, entre elas podemos citar depressão, medos, síndrome do pânico,

ataques de ansiedade. Patologias como cirrose, hepatite e problemas fisiológicos mais sérios devem ser tratadas no hospital por encaminhamento da clínica.

Esta mais do que claro a gravidade desta dependência, nunca devemos baixar a guarda, quem está vulnerável precisa de apoio continuo por toda sua vida, alcoolismo pode ser fatal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Post

clinica de internação para dependente químico e alcoólatra pelo plano de saúde

Internação para dependentes químicos e alcoólatras pelo plano de saúde

Internação para dependentes químicos e deálcool pelo convênio de saúde – convênio médico As drogas são definidas como toda substância , natural ou não ,que modifica as funções normais de

Você Sabe como é o funcionamento de Uma Clínica De Recuperação?

 Saiba como é o funcionamento de Uma clínica de recuperação / reabilitação para dependentes químicos e alcoólatras? Com certeza você já ouviu falar sobre o assunto e pode até conheça

Clínica para Tratamento de Dependentes Químicos No Guarujá

Clínica para Tratamento de Dependentes Químicos No Guarujá Clínica para Tratamento de Dependentes Químicos No Guarujá Nossa instituição a CLINICA ASUA na cidade de Guarujá sp, faz parte da baixada

error: Content is protected !!