Clínica para tratamento de dependência química e alcoólica através de convênio médico

Clínica para tratamento de dependência em
cocaína através de convênio médico

O uso de drogas é um sério problema de saúde pública em todo o
mundo. Quem abusa desses compostos coloca em risco sua saúde ,
sua vida e a vida das pessoas de sua convivência. Às vezes, a

situação é tão grave que somente tratamento em uma clínica
especializada pode conseguir a recuperação do paciente. È muito
importante apoiar uma pessoa que necessite desse tipo de

tratamento para assegurar eficácia em deixar o consumo e não
incorrer em recaídas no futuro. O ideal é que o paciente não se sinta
julgado , pois é portador de uma doença , e sinta-se a vontade

para pedir ajuda. A vulnerabilidade social e o acesso á drogas mais
baratas , são os grandes catalisadores do aumento de consumo de
drogas ,principalmente nos grandes centros.

Compostos como cocaína , crack e heroína vêm ganhando espaço
rapidamente em todo o planeta , apesar de todas as campanhas de
conscientização difundidas por diversas organizações de saúde.

Portanto, se você está vivendo problemas em sua família com o uso e
abuso das drogas , conte conosco. Podemos , e queremos, ajudar.

A Cocaína e seus danos físicos e psíquicos

A cocaína é um alcalóide estimulante e anestésico usado
,principalmente como uma droga recreativa , podendo ser inalada
,fumada ou injetada. Os efeitos mentais proporcionam a perda de

contato com os acontecimentos da realidade , promovendo uma
grande emoção , que tanto pode ser de felicidade como de depressão
e agitação. Os sintomas geralmente são: aceleração do

ritmo cardíaco , transpiração e dilatação das pupilas.
A cocaína é metabolizada pelo fígado , assim como a maioria das
drogas. A cocaína age como um inibidor da enzima MAO

(monoamina oxidadase) , da recaptação e estimulante da liberação de
noradrenalina e dopamina que existem nos neurônios. A dopamina e
noradrenalina são neurotransmissores cerebrais que

são à sinapse , aonde são recolhidos novamente para dentro dos
neurônios por esses transportadores inibidos pela cocaína.
A cocaína é um estimulante do Sistema Nervoso Central e age como
inibidora da fome. Atua através da supressão da recaptação

de serotonina , noradrenalina e dopamina , ou seja : manifesta-se em
grandes concentrações destes três neurotransmissores cerebrais ,
podendo ultrapassar com certa facilidade da

hematoencefalica lesionando-a. A cocaína provoca danos/lesões
cerebrais microscópicas significativas a cada dose consumida. Os
danos tornam-se irreversíveis quando o consumo é abusivo e

regular. A duração dos efeitos variam de 30 a 40 minutos. Entre os
efeitos produzidos por essa substância, citamos:

  • Efeitos psicológicos: euforia , sensação de poder , ausência de medo
    , ansiedade , agressividade , excitação mental e sexual , anorexia
    (falta de apetite) , insônia e delírios.
  • Efeitos no organismo: taquicardia , hipertensão arterial ,
    vasocontrição , urgência de urinação , tremores , dilatação das pupilas
    , hiperglicemia , suor e saliva grossos, dentes anestesiados.

A cocaína apresenta uma tolerância bem determinada e de rápido
estabelecimento. A fim de que os efeitos sejam obtidos , o dependente
utiliza doses (porções) cada vez maiores. Tais efeitos ,

com o passar do tempo , apontam para menores durabilidade e
intensidade dos efeitos, mas os danos gerados são amplos e, em
grande maioria , irreversíveis.

Dosagem

É difícil emitir opinião sobre a dosagem de consumos , sobre esta ser
considerada alta ou baixa , haja vista que varia de acordo com cada
organismo , bem como a pureza da droga consumida. As

vezes , até mesmo a utilização de 1gr são suficientes para que surjam
os efeitos. Já em grande quantidade , os efeitos podem ser
convulsões , depressão neuronal , alucinações , paranóia ,

taquicardia , mãos e pés dormentes , depressão do centro neuronal
respiratório , depressão vasomotora , coma e , em casos de overdose
, a morte.

Tolerância

A cocaína apresenta uma tolerância bem determinada e rápida
,conforme já dissemos acima , e seus efeitos podem ser classificados
em:

Efeitos de longo prazo: perda de memória , perda da capacidade de
concentração mental , perda da capacidade analítica , falta de ar
permanente , trauma pulmonar , dores torácicas , destruição total do

septo nasal , perda de peso , desnutrição , cefaléias , síncopes ,
distúrbios dos nervos periféricos , silicoses , arritmia cardíaca ,
tromboses coronária (infarto do miocárdio) e cerebral (AVC) …

Vacina contra a cocaína ainda em fase de
desenvolvimento e testes

A pesquisa por uma vacina ,que vem sendo feita ,desde 2017 , , pelos
pesquisadores da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais)
pode acabar com a dependência em cocaína. (Existem

outros laboratórios e pesquisadores no mundo inteiro trabalhando
pela mesma causa, por exemplo o Immunologic Pharmacological
Corporation dos Estados Unidos, que vem desenvolvendo pesquisa

desde o ano de 2009.
A vacina “trabalha” o corpo criando anticorpos que passam a
combater a cocaína , impedindo que chegue até o cérebro do

dependente e bloqueando seus efeitos.
Pesquisadores das Escolas de Medicina de Yale e doBaylor College
observaram que apenas 38% dos testados desenvolveram

anticopros suficientes para bloquear os efeitos da droga. E ,
observaram também , que a eficácia da vacina não ultrapassou 2
meses.

Resumindo , atualmente, só podemos contar com um tratamento
médico psiquiátrico em uma boa e estruturada clínica especializada
em recuperação de dependentes.

A dependência em cocaína é uma doença controlável ; mesmo que
não se possa usar a droga de maneira “social ou recreativa” , o
tratamento busca levar o paciente a se aceitar e , realmente , se

empenhar em sua recuperação física e psicológica , sabendo que
pode viver muito bem sem a droga e sem as conseqüência nocivas
advindas de seu uso freqüente.

Quando devo procurar internação?

  • Risco de suicídio , agressividade física , quadro psicótico
  • Doenças médicas ou psiquiátricas associadas (infarto, convulsões ,
    etc.)
  • Intensa disfunção de vida do dependente ou incapacidade de lidar
    com tarefas básicas de sua própria rotina (higiene , alimentação)

Buscando tratamento para a dependência em
cocaína pelo Convênio Médico

A dependência de cocaína é um transtorno passível de tratamento , ao
contrário do que muitos pensam. Porém é certo que nenhum modelo
de tratamento pode ser considerado eficaz para todos os

pacientes. Há que se procurar uma clínica de reabilitação com equipe
profissional técnica que fará a avaliação de cada caso , podendo ,
assim , traçar o perfil individual do usuário.

A dependência de cocaína possui diferentes características e
necessidades. Estudos apontam uma boa relação custo-benefício do
tratamento ; o resultado mais comum dos diversos tratamentos é

a redução do consumo nos anos posteriores , bem como a diminuição
de recaídas e da exposição á atividades ilegais e do comportamento
criminal – em alguns casos – do dependente.

O tratamento , porém , necessita ser entendido como um processo
contínuo , assim como modelos médicos utilizados em doenças
crônicas , tal qual diabetes , hipertensão arterial e outras.

Qualquer modelo de tratamento para a dependência de cocaína deve
incluir alguns aspectos básicos, porém , fundamentais para a obtenção
de resultados positivos. A abstinência deve ser não

somente da cocaína , mas de todas as drogas usadas durante o
processo terapêutico.

Clínica de Tratamento da dependência química e
do álcool

Tratamentos

  • Centro de reabilitação de usuários de álcool
  • Centro de reabilitação de drogas
  • Clínica para recuperação para dependentes alcoólicos
  • Internação involuntária, como proceder
  • Internação involuntária para dependentes químicos

Nossa Clínica é conveniada com os melhores
planos de saúde disponíveis no mercado.
Caso tenha alguma dúvida , entre em contato
conosco.

Trabalhamos com os Convênios Médicos:

  • Bradesco
  • Sulamérica
  • Amil
  • Unimed Central Nacional
  • Unimed RJ
  • Porto Seguro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Post

Internação Voluntária – Internação Involuntária – Tratamento dependente químico – Tratamento alcoólatra – Tratamento alcoolismo Utilizando o convênio médico / Plano de saúde ao redor de todo o Brasil!!!

Internação em clínica involuntária e voluntária por convênio médico para dependente químico / alcoólatra com convênio médico / plano de saúde Amil-Bradesco,Unimed, Sul América entre outros.  Clinica para tratamento de

Clínica de Internação Involuntária SP

Clínica de Internação Involuntária em SP Clínica de Internação Involuntária São Paulo As clínicas de Internação Involuntária tem que ter uma equipe especializada para acolher os dependentes químicos que tem

Clinica de recuperação e comunidade terapêutica em São Paulo

Adolescentes denunciam tortura e mostram marcas de violência em comunidade terapêutica evangélica chamada de clínica de recuperação por alguns funcionários

Menores de 18 anos denunciam tortura e mostram marcas de violência em comunidade terapêutica evangélica chamada de clínica de recuperação em São Paulo por alguns funcionários No dia em que

error: Content is protected !!